domingo, novembro 27, 2005

O teu lugar no meu corpo

O livro de Ana Teresa Pereira - "A coisa que eu sou" - está dividido em duas partes, cada uma com sete contos. Os da primeira parte estão identificados como "Ghost Stories", e os da segunda como "Fairy Tales".
Todos os contos são misteriosos, sombrios, com personagens e cenários que se entrecruzam sem sabermos se são os mesmos ou outros. Em todos há cheiros e flores. Muitos deles passam-se em jardins estranhos, povoados de perfumes, de sombras, de impossível, de memórias.
Há rosas, beladonas, camélias brancas, magnólias...flores que permanecem para além do tempo e de todos os mistérios. O penúltimo conto chama-se "O Teu Lugar No Meu Corpo" e começa assim:

"Ela cheirava a rosas e a flores de pessegueiro. No princípio Tom pensava que se tratava de um perfume, mas depois percebera que aquilo emanava da sua pele, como se tivesse entranhado o cheiro do jardim.
Mas isso não era demasiado estranho. Tinha algo a ver com a sua condição de planta, de pássaro, de livro.
«De sombra», dizia ela." (p.145)

3 Comments:

At 05 fevereiro, 2007 14:57, Anonymous Anónimo said...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. » » »

 
At 03 março, 2007 01:15, Anonymous Anónimo said...

best regards, nice info Drugstore blood pressure monitor pic Online tadalafil generic ciales Milfs friends mom Best college basketball team

 
At 17 março, 2007 05:54, Anonymous Anónimo said...

Very cool design! Useful information. Go on! »

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home